Bodas de Trigo em Capitólio

Depois de sonharmos e curtirmos muitas fotos deste lugar lindo e bem pertinho de nós brasileiros conseguimos vir conhecer in loco as belezas naturais de Capitólio.

Vamos as dicas:

📍O aeroporto mais perto é o de Ribeirão Preto-SP, que fica a 240 km, isso para quem não tem um jatinho (que é o nosso caso), pois na cidade de Jacui tem pista para pequenas aeronaves.

📍A cidade dispõe de muitas pousadas, hoteis e ranchos. Como viemos comemorar nosso niver de casamento optamos por ficar num pousada resort https://www.ranchocoracaoaberto.com e foi a melhor escolha que fizemos. Fica há uns 4k do centro, estrada sem asfalto, mas o local é lindo e super agradável. Atendimento diferenciado. Nos sentimos em casa.

📍1o dia – chegamos por volta das 12h e paramos para almoçar www.restaurantedoturvo.com.br/home e a pedida não podia ser outra – prato tradicional do lugar – Traíra desossada, para quem gosta de peixe é uma iguaria deliciosa .

Vista do restaurante do Turvo

Com pouco tempo para tantas atrações , partimos para Eco Parque Cascata –https://canyoncascataecoparque.com.br/ Ingressos a R$ 20,00 por pessoa, onde se tem acesso a todas as piscinas naturais e trilhas com vista dos Canyons. Não tem como não ficar pelo menos umas 4h neste local. A vista dos Canyons é fantástica. Fomos na parte da tarde, mas recomendamos visita na parte da manhã para aproveitar mais o tempo neste local maravilhoso.

Check in na hospedagem não poderia ter sido melhor. Fomos recebidos pelo Dimas, proprietário do local. Ele nos deixou super a vontade e nos deu varias dicas de restaurantes.

Aproveitamos para curtir um pouquinho do por do sol nesta pousada.

Bateria recarregada , partiu escolher onde jantar.

Como queríamos ouvir música escolhemos http://www.hudsescarpasdolago.com.br/home – Local aconchegante ,excelente atendimento e banda muito boa.

2o dia – Com tantas atrações, pulamos cedo da cama para fazer os passeios.

Dica1 – o passeio de barco pelo lago de furnas é imperdível, mas para não ficar lá esperando montar grupo pra sair (pode demorar ate 1hora), melhor ir cedo comprar a pulseirinha – R$ 10,00 por pessoa e agendar o horário que deseja fazer passeio. Como eu queria ver por do sol agendamos para último horário às 15h. Na hora do passeio você paga o restante – R$ 80,00 por pessoa.

Partiu fazer a Trilha do Sol?

http://www.trilhadosolmg.com.br/

Aproveitamos que o sol ainda não estava muito quente e lá fomos nós.

O ingresso para este parque custa R$ 40,00 reais por pessoa. Confesso que achei meio estranho não ter nenhum instrutor para acompanhar os trilheiros, principalmente pelo grau de dificuldade, mas é bem sinalizado.

Começamos pela trilha mais leve, porque esta foi a dica do parque, mas numa próxima vez faremos o inverso. Começaremos pela trilha mais difícil No Limite e deixaremos a mais leve pro final. Sabem porque? Pois no inicio estamos mais dispostos e descansados e a Cachoeira do Encanto, a mais leve, é ótima para você relaxar depois de tanto esforço.

📍Cachoeira do Encanto e Poço Dourado .

É de suma importância estar com sandália ou sapatilha própria para andar dentro d’água, pois para chegar a Cascata é necessário fazer um percurso sobre as pedras e posso assegurar, machuca bastante os pés (não tivemos esta dica), mas encaramos o desafio e fomos descalços.

Tem uma lenda nesta Cachoeira , segundo os moradores locais, se você deseja algo e não consegue, basta montar um Totem sobre as pedras e fazer o pedido. Quando vier a chuva e derrubar seu Totem seu pedido será atendido. Eu não acredito nestas coisas, mas pelo numero de Totens montados por lá ,sou exceção.

📍Cachoeira do Grito, Sabem por que do Grito? A agua é tão gelada que é impossível não gritar😱. Nesta tem prainha, pedra furada com cascata (só permitido entrar na pedra com monitor )e poço mais profundo . Tem uma cascata super concorrida para tirar fotos e vale a pena esperar porque as fotos ficam lindas, sem contar que faz uma massagem gostosa.

📍No Limite a mais hard de todas. Este nome faz todo sentido, depois que você está no seu limite de cansaço , mas não quer perder nada, tem 800 metros de trilha mais intensa.

Chegando na Cachoeira do No Limite tem um mirante e ao lado uma escadaria que dá acesso aos poços (o degrau era maior que minha perna).

Dica2 – leve agua ou isotônico para beber durante a caminhada e use protetor solar, pois o sol é escaldante.

No parque tem um restaurante, comidinha simples, mas gostosa. Comemos por ali, descansamos numa das redes embaixo das árvores e fomos para nosso passeio de barco.

Muita gente pensa que Capitólio só tem passeio de lancha e sem dúvida alguma o passeio é imperdível, mas para o meu gosto, as trilhas até as cachoeiras foi bem mais divertido e desafiante.

📍Tour de 3 horas pelo Lago de Furnas – estávamos em 8 pessoas na lancha, mais que isso ficaria desconfortável. Se estiver disposto a maior privacidade pode contratar uma lancha para menos pessoas, mas terá que meter a mão no bolso. Nos ofereceram este passeio por R$ 750,00 para o casal. Vantagem: o barqueiro fica a sua disposição, podendo ficar mais tempo nos locais que mais te agradam.

No passeio convencional, que fizemos, são 3 paradas para banho e outras 2 para fotos.

Tivemos a oportunidade de ver os Canyons sob dois ângulos. No dia anterior, do alto do parque das Cascata e hoje a partir da lancha. Para mim a visão mais deslumbrante foi da lancha, paredões imensos contrastando com o verde da agua. Surreal de Lindo. Não dá para explicar tamanha beleza, só indo lá conferir.

O nosso barqueiro sugeriu que voltemos em 2024, quando o nível dos reservatórios estará no seu ápice (ultima vez que isso aconteceu foi em 1963). Quem sabe né?

A última parada é numa cervejaria flutuante. Ficamos por ali até o por do sol. Não gostamos de local para banho, achamos meio sujo, mas valeu pelo lindo Sunset.

ℹ️Curiosidade: o Lago de Furnas, considerado o Mar de Minas tem o tamanho equivalente a 4 baias de Guanabara e banha 39 cidades.

3o dia – Começamos bem o dia, com café da manhã personalizado e com direito a “mimos” pelo niver de casamento.

Relaxamos um pouco na piscina do hotel; que por sinal era todinha nossa; antes de partir para último dia de aventuras.

📍Paraíso Perdido – para chegar a este local é necessário andar 4,5 km de estrada sem asfalto, com tempo chuvoso não sei se daria para ir num carro convencional.

A entrada neste parque é paga R$ 40,00 reais por pessoa; achei caro pela estrutura que oferece.

Não tem guia , para ter acesso ao local você deve assinar um termo de responsabilidade, onde existem várias orientações quanto a segurança.

O local tem pequena infraestrutura com banheiros, área de camping e restaurante . Deixamos para almoçar lá e não rolou porque o restaurante só funciona em fins de semana.

Definitivamente não é um local para se explorar com crianças, pois para chegar as cachoeiras você vai subindo pelas pedras; até determinado ponto, as pedras mais seguras são marcadas com pesinhos para direcionar os visitantes; mas algumas são bem escorregadias.

Para as cachoeiras mais altas é preciso andar por dentro d’água segurando uma corda, bem hard.

Não conseguimos visitar todo o Complexo das Cachoeiras(18 no total) , pois o tempo começou a fechar e o possibilidade de tromba d’água nos apavorou.

O local é fascinante, impossível não se apaixonar, então se você é aventureiro e gosta cachoeiras não deixe de fazer este passeio.

E ai o que acharam do passeio? Deixe seus comentários , pois nossa vibe é viajar e compartilhar 😃